segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Cenas na vida de uma mãe - Season 1 Ep. 3

Sobre o CANSAÇO [e as coisas que nos saem pela boca fora]

Numa pastelaria, olham embevecidos para o teu bebé que está muito sossegado e em paz no seu todo-o-terreno [vulgo carrinho], e comentam umas com as outras:
“Ah, que lindo. Que anjinho. Que ternurinha. Já te fazia falta uma coisinha assim fulana x.”
Tu, cansada, com 2h de sono em cima porque ele passou a noite com uma crise de cólicas terrível, olhas para o pai que está igualmente com um ar péssimo e dizes em voz alta:
“Não faz falta nenhuma minha senhora. De noite então, faz tanta falta como a fome!”
Neste momento sentes os olhos de todas as pessoas que estão na pastelaria voltarem-se para ti e pensas:
“Olha, é agora que chamam a assistente social para me levar o filho por ser má mãe.”
[reparem que são quase 5h🐑 e as suas músicas de embalar e a tentar manter uma mama na boca do puto que está - OUTRA VEZ - com uma crise de cólicas.]
da manhã, o pai está aqui ao lado a dormir profundamente - já levou três pontapés para parar de ressonar - e eu estou a ouvir a Lily
❤️ mas a maternidade é sempre a melhor coisa do mundo, não me mandem a assistente social cá a casa que a Mena não fez nenhum bolo hoje. 😂

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Cenas na vida de uma mãe - Season 1 Ep. 2

Amamentação 🤱
Os palpites:
-o teu leite não é bom; ele faz da mama chucha; se calhar tem fome; não o devias habituar a adormecer na mama... as pessoas não estão habituadas a isto que agora se vê em torno da amamentação. É muita desinformação e na verdade dá trabalho e rouba-vos o tempo para todas as outras coisas. Sorrir e acenar e fazer como acharem melhor!
Objectivos:-amamentar em Livre Demanda e em exclusivo até aos 6 meses; depois é prolongar até onde se conseguir conjugando com a alimentação sólida e o trabalho e a creche e DEUS nos ajude!

Porquê?
-é óptimo para a mãe - porque o corpo volta ao lugar que é um instante - e para o bebé - porque o leite materno é de facto o melhor da vida para o desenvolvimento deles.
O que te passa pela cabeça depois de começares a jornada da amamentação:
-O quê? Queres comer outra vez? Os meus mamilos vão cair!
-Oh filho, anda cá que a mãe dá um aconchego!
-Epah, estás aqui estás a beber no biberão que eu já não aguento mais!
-oh meu anjo, o leitinho da mãe é que é bom, estás muito crescido!
-caramba pah, podes parar de me dar cabeçadas nas mamas como se fosses um cabrito?
-oh meu tesouro, vamos dormir a sesta com a ajuda das maminhas da mãe?
-AI, ISSO DÓI!
Acreditem, ao mesmo tempo que pode ser fantástico pode ser insuportável. Compreendo quem desiste e valorizo ainda mais quem persiste.
Por aqui estamos em LM em LD e vamos continuar... para isso ajuda muito a Licença de Maternidade de 5 meses! É preciso ter paciência e muita disponibilidade emocional. Além de mamilos fortes e creme hidratante (futuras mães - purelan ou lansinoh - de preferência o segundo).
Queridos pais: Não fiquem tristes se o vosso bebé só quiser a mãe, só se acalmar com a mãe... é natural nos primeiros tempos. Tenham paciência e lembrem-se sempre que vocês também são muito importantes, mas não tem mamas!
[ninguém disse que ia ser fácil!
Mas isto de ter um ser para a vida toda enche-nos o ❤️]

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Cenas na vida de uma mãe - Season 1 - Ep. 1

Porque a verdade é o caminho, se vais ser mãe ou pai não leias. Ou então lê e prepara-te. Porque há coisas que não nos dizem.
-NUNCA mais vais dormir!
[desculpem se fui rude, mas é mesmo isto!]
Os primeiros dias vão ser incríveis e vais contar a toda a gente que o teu bebé é um anjinho. Que só come e dorme. Quando voltares para casa isso vai acabar.
•fome;
•cólicas;
•picos de crescimento;
•fralda suja;
•calor humano;
•mimo...
•e tantas outras coisas que não sabes porquê mas ele chora!
Pequenas vitórias do dia-a-dia:
>Tomar banho
>Comer tranquilamente
>Dormir 30 minutos seguidos
Como sou de 84 e na minha altura se via o Dragon Ball deixo-vos com o seguinte:
Não percam o próximo episódio, porque nós também não.
P.S.: ter um filho é awesome! ❤️ [até mesmo quando lhes queremos pôr uma rolha na boca!]

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

• 40S + 1D • 🦕

Eram 18:51 de dia 25 de Setembro e a etapa da gravidez terminou. Começou outra. Mas não vou, hoje, falar do parto e do pós-parto [Período do recobro].

[Sei que estão todos muito curiosos e ansiosos por ler o meu relato mas não quero estragar o momento que esta imagem conseguiu captar.]

Miguel,

Esta imagem é o reflexo dos teus olhos! Meu amor, meu amigo, meu companheiro, meu fiel escudeiro de todas as horas. Já tinha falado sobre a importância de me dares sempre a mão. E estas quase 35H não foram excepção.

Se não fosse a tua dedicação e o teu apoio durante o longo processo provavelmente nada teria valido a pena. Hoje, agora e para sempre vou agradecer-te por tudo!

Ser a mãe do Rodrigo e ter-te como pai dele foi o melhor presente que a vida me deu.

• 3860kg • 50,5cm •

Tudo o resto é amor! Um amor que não se conhece mas que se reconhece assim que o vemos! Agora o propósito é o de sempre, SER FELIZ.

Amo-te. Obrigada. ❤️

domingo, 9 de setembro de 2018

Sobre as últimas semanas da gravidez

Estás mal-disposta por causa de uns ovos mexidos que comeste ao almoço!
Começas a ter contracções irregulares, SEM DOR, durante cerca de 4H.
Não entras em pânico porque sabes que tudo é natural mas ligas para o SNS24 só para uma palavra de conforto!
Depois de 30 perguntas de triagem diz a 👩🏼‍⚕️: Vamos passar a chamada para o INEM!
🤰🏻 questiona: Mas porquê?
O INEM FAZ NOVAMENTE PERGUNTAS DE TRIAGEM E DIZ: Vamos já mandar uma 🚑.
(Nesta altura já estou a ficar irritada porque sei que tudo isto é ridículo!)
Lá vem dois 👨🏼‍🚒 e dizem que foram chamados para um trabalho de parto. 😏😰😮
És transportada para para o 🏥 e ouves o seguinte comentário:
👩🏼‍⚕️- já subiram 5. Mais estas duas. Hoje muda a lua. Está na hora de desovar!
Depois de quase 2H nesta aventura voltas para casa porque está tudo normal.
Moral da História: Mais uma visita - desnecessária - à maternidade devido aos conselhos (leia-se MEDO DE SER RESPONSABILIZADO CASO NÃO TE MANDEM PARA O HOSPITAL) do SNS24. ❤️

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

📍37 Sem + uns pózinhos 📍

Não me posso queixar do aumento de peso! Contam cá mais 15kg mas pouco se nota no corpo! A barriga está enorme mas, é só! Todas as mulheres com quem falo e que conheço contaram - QUASE SEMPRE - com um aumento de 20kg ou mais. 
Uma mulher grávida ouve muitos elogios, palavras de motivação e acima de tudo PALPITES:
• Estás linda;
• Uau, estás fantástica;
• Não se nota nada, de costas ninguém diria que estás grávida;
• Não te preocupes, recuperas num instante;
• Agora tens de comer por dois;
• Não podes isto, não podes aquilo;
• No meu tempo não era nada assim, isso são modernices;
• Eu tive 5 filhos, acredita que eu é que sei, a médica/enfermeira que te disse isso nem filhos deve ter... etc!
São tantas as coisas que se ouvem que a única solução é usar o filtro e o bloqueador de sons indesejados. Sorrir e acenar como as princesas!
Coisas que acontecem e que chateiam muito (além de todos os meus outros relatos que tanta polémica vão trazendo), de algumas não se fala por vergonha ou constrangimento mas, a verdade é que são frequentes e “perfeitamente” normais no período de gestação:
•Inchaço que transforma as pernas/tornozelos/pés em troncos de árvore; o inchaço também se faz sentir nas mãos, numa fase inicial aparece um duplo queixo e depois generaliza-se no rosto e a genitália assemelha-se a um Big Tasty;
•Calor, MUITO CALOR;
•Um peso inqualificável na bacia, vulgo testa do pipi;
•Azia;
•Sensação de enfartamento depois de comer uma uva;
•Hemorróidas;
•Obstipação;
•Incontinência de esforço devido à pressão e incapacidade da bexiga de responder às ordens do nosso cérebro;
•Perda de memória;
•Falta espaço ao bebé para se mexer, ele está enorme, a barriga já não tem muito mais por onde crescer e o tempo esgota-se... tudo junto faz com que sinta e veja a barriga a deformar-se constantemente e muitas vezes de forma dolorosa.
Volto a afirmar, nada disto é fácil. É normal, faz parte do processo mas, não torna tudo lindo e maravilhoso! Fui, muitas vezes, criticada pelas minhas afirmações sobre o tema. Não amo menos o meu filho por isso! Estou ansiosa por tê-lo nos braços e dizer-lhe: Olá meu amor! ❤️

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

🦕34 Semanas 🦕


[e este cansaço estampado nas nossas caras - a foto possível neste dia!]
Somos muito gratos a todos os que nos acompanham nisto que é a VIDA, muito mais completa agora e que faz ainda mais sentido com a chegada deste pequeno T-Rex (já com 2700gr and counting).
Hoje com um agradecimento muito especial a todos os nossos amigos e familiares! A reunião de ontem será sempre lembrada por nós e, um dia (quando já perceber), o Rodrigo vai perceber a importância que cada um de vocês tem nas nossas vidas.
A ansiedade aumenta a cada dia para podermos abraçar este “pequeno”! ❤️
Ser Bondoso e Ter Coragem!

segunda-feira, 30 de julho de 2018

32 semanas de 🦖 Rodrigo


Podiam ser 32 semanas em New York, era menina para aceitar esse desafio tranquilamente.
Mas, são 32 semanas de 🦖 Rodrigo! Faltam 8. Mais coisa menos coisa.
Notas a ter em mente:
• retenção de líquidos • pernas e pés inchados • má circulação e nódoas negras por qualquer toque • cansaço extremo • pés de dinossauro nas costelas • a barriga pesa e a zona pélvica dói • cãibras a meio da noite • falta de posição para dormir • falta de ar • azia • falsas contrações •
Coisa pouca “amigas”. Tudo normal na gravidez. Portanto continuem a dizer e, acima de tudo, a acreditar que o tempo de gravidez são os melhores meses da vossa vida! 😂
Beijinhos e até à próxima!
P.S.: nesta altura e em pleno verão já só se pensa: NUNCA MAIS NASCE! 😂
Mas é um amor... só por ELE - o amor que se sente - vale a pena esperar! ❤️

sábado, 14 de julho de 2018

Os números

209 dias; 29 semanas; 6 meses e 1/2; +11kg

Tenho feito alguns relatos da minha experiência, relatos esses nem sempre - quase nunca - social e moralmente aceites.
Noto que no que diz respeito à maternidade a verdade nua e crua não é bem vista!
Há uma linha ténue que separa a felicidade de saber que vais ser mãe do processo pelo qual passas até lá chegar - NOVE MESES DEPOIS!
Quero com isto dizer que nada nesta vida me deixou tão feliz como saber que estava grávida. Naturalmente com a felicidade vêm o medo, vêm as dúvidas e uma quantidade de emoções que jamais soubemos que existiam! É inevitável.
De mãos dadas com essa felicidade temos uma panóplia de alterações físicas, emocionais e geográficas.
Não vou falar das físicas para não me repetir.
As alterações emocionais estão claramente relacionadas a todo um processo hormonal mas, não só.
Tens de lidar com as tuas e com as de todos. Com as do pai da criança, com as da família, dos colegas de trabalho, dos amigos, do cão, do gato e por aí fora. Não é só a tua vida que muda.
Ainda dentro do campo emocional as futuras mães acham SEMPRE que com elas vai ser tudo diferente. Que vão controlar tudo e que vai ser tudo à sua maneira. DEIXEM-ME RIR!
E depois vêm as alterações geográficas. Tem de adaptar todo o espaço à chegada de um novo elemento. E quando digo todo, É MESMO TODO! O quarto, a casa, a disposição das coisas, o carro. E prepararem-se, porque nunca mais vão ter a casa imaculada. Eu comecei a treinar com o gato e com o cão e ainda não estou educada nesse sentido!
A parte mais feliz do dia é quando esta barriga se mexe, quando o Rodrigo já se mostra um insolente e não sossega um segundo.
Sim, isto de estar grávida tem uma coisa ou outra prazerosa. 😂😘
Não percam os próximos episódios. 😅

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Devolve a bola aos putos!

Quando chegas ao terceiro trimestre da gravidez começas a ouvir piadas do género: “Devolve a bola aos putos!”
(Essa é a parte engraçada! 😂

Estão todos à espera de, em alguma altura, me ouvir afirmar - ISTO DE ESTAR GRÁVIDA É MARAVILHOSO! - Ahahahahahah! 

Estão a ver a minha cara de felicidade? Sim, eu estou feliz!

Feliz por:

•Ser uma crescida e estar a suportar os +10kg que já cá moram em 6 meses!
•Estar a controlar muito bem este feitio e estas hormonas e não fazer a vida do Miguel num inferno! (Ele não me vai desmentir como devem calcular! 🤣)
•Ainda não estar inchada o bastante e ser parecida com a Miss Piggy!
•Acordar todos os dias às 7h e não ficar insuportável por querer dormir mais um pouco (o Rodrigo faz um Campeonato do Mundo dentro desta barriga e já é o melhor marcador! 🇵🇹)
•Não deixar que o nervo ciático seja mais teimoso que eu. (Isto é sol de pouca dura!)
•Ainda conseguir calçar os sapatos sem ajuda.
•Poder continuar a comer doces com fartura porque a Diabetes não quer nada comigo! 🙏🏻

Já não vejo algumas partes do corpo 😂😂😂😂! Outras preferia não ver tanto (aquelas gordurinhas que te dizem olá repetidamente!)
Tenho muito pouca roupa que me sirva. Acompanhar alguém já se torna um processo mais lento. Na gravidez aprendi que não há pressa para nada. Somos todos do Alentejo!

Faltam 3 meses!
E se tudo correr bem, o Rodrigo nasce no ano em que Portugal é campeão do mundo!

Vamos apenas focar-nos neste último objetivo! PORTUGAL CAMPEÃO! 🏆